A Polônia e seus emigrados na América Latina (até 1939)

  • Autor:Jerzy Mazurek
  • Przekład: Mariano Kawka
  • Okładka: miękka
  • nośnik: druk
  • Rok: 2017
  • Liczba stron: 458
  • ISBN: 978-83-7901-091-2
    978-83-60875-63-6

  • pobierz POBIERZ FRAGMENT KSIĄŻKI  

■ Produkt jest dostępny

Ilość:

Cena: 30 PLN

JERZY MAZUREK nasceu no dia 13 de novembro de 1961, na aldeia de Kosowice, perto de Kielce. Estudou história e biblioteconomia na Universidade de Varsóvia, onde também fez pós-graduação em museografia, história da arte e em administração. Em 1994 foi bolsista do The Marshall Fund em Washington. Em 2006 defendeu a tese de doutorado no Departamento de Humanidades da Universidade de Szczecin. Em 2014 obteve, o título de Livre Docente na área de Estudos Literários, no Departamento de Letras Modernas da Universidade de Varsóvia. É vice-diretor do Museu de História do Movimento Popular Polonês em Varsóvia (desde 1998), e professor adjunto no Instituto de Estudos Ibéricos e Ibero-Americanos da Universidade de Varsóvia. Publicou vários livros e artigos sobre a história da emigração polonesa nos séculos XIX e XX, entre outros: O movimento popular diante da emigração camponesa aos países da América Latina (até 1939), Varsóvia 2006 e Palavra e ação. Casimiro Warchalowski (1872-1943) – pionieiro da colonização polonesa no Brasil e no Peru, Varsóvia 2014. Desde 2006 dirige uma série editorial “Biblioteca Ibérica”.

No panorama dos movimentos migratórios da Europa para a América Latina, um lugar de relevo, embora numericamente não o mais significativo, cabe aos imigrantes poloneses, cuja emigração foi, em termos numéricos, inferior à proveniente da Itália, de Portugal, da Espanha e da Alemanha. Entretanto as causas que provocaram a emigração têm sido as mesmas em todos esses países: a pobreza, o superpovoamento das aldeias, o insu% ciente desenvolvimento industrial. No caso da Polônia, a emigração foi ainda influenciada pela conturbada história desse país, com destaque para o imperialismo da Prússia, da Rússia e da Áustria, que, em 1795, após três consecutivas partilhas, apagaram a Polônia, durante 123 anos, do mapa político da Europa. A reconquista da independência, em 1918, foi antecedida por uma série de levantes malsucedidos, e seus combatentes, com receio das inevitáveis represálias por parte dos invasores, optavam pela emigração. A crise econômica e o consequente agravamento do quadro social do país na segunda metade do século XIX e no início do século XX aumentaram o número de emigrantes, que decidiram procurar em outras terras melhores condições de vida. A completar este quadro, temos, por fim, as duas Guerras Mundiais, que causaram o exílio de novas gerações de poloneses à procura de um lugar ao sol.




 POWRÓT


Katalog

Muzyczne wojny
Cena: 35.00 zł

Ensayo sobre el poder / Esej o władzy
Liliana Lukin

Cena: 20.00 zł
Cena katalogowa: 20.00

El Sueño Bolivariano
Urszula Ługowska

Cena: 25.00 zł
Cena katalogowa: 25.00

Już wkrótce...





NetSoftware
2017 © Wszelkie prawa zastrzeżone
facebook